domingo, 11 de janeiro de 2015

Convite:

Bom Astral! Convite a todos os amigos, à palestra a ser realizada no dia 24/01 as 14:00.
Participem e chamem os Amigos :D .

No mês de janeiro de 2015 teremos apenas 02 (duas) giras: 01 (uma) no dia 17 e a outra no dia 24.
Em fevereiro teremos apenas 01 (uma) gira, que acontecerá no dia 07.
As giras começarão às 15 horas e os estudos a partir das 14 horas.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Preto-Velho

São entidades de umbanda, espíritos que se apresentam em corpo fluídico de velhos africanos que viveram nas senzalas e que adoram contar as histórias do tempo do cativeiro. Sábios, ternos e pacientes, dão o amor, a fé e a esperança aos "seus filhos".
São entidades que tiveram pela sua idade avançada, o poder e o segredo da sabedoria, apesar da rudeza do cativeiro demonstram fé para suportar as amarguras da vida, consequentemente são espíritos guias de elevada sabedoria, trazendo esperança e quietude aos anseios da consulência que os procuram para amenizar suas dores, ligados a vibração de Omolu, são mandingueiros poderosos, com seu olhar prescrutador sentado em seu banquinho, fumando seu cachimbo, benzendo com seu ramo de arruda, rezando com seu terço e aspergindo sua água fluidificada, demandam contra o baixo astral e suas baforadas são para limpeza e harmonização das vibrações de seus médiuns e de consulentes.

FONTE:
http://estudodaumbanda.wordpress.com/2012/05/12/a-magia-dos-pretos-velhos/

 Foto: Natália Rabelo

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves
 Foto: Natália Rabelo

Caboclos

São os Caboclos que representam a Umbanda.São divididos em inumeras tribos, de inumeros lugares e assim formam grandes aldeias, eles nos passam muita saúde e paz. Através de suas ervas eles nos dão passes que curam males,tanto no mundo material,quanto no espiritual .Os Caboclos na Umbanda moram nas matas,onde recebem suas oferendas. Adoram todas as frutas,gostam de milho, de vinho tinto (O qual representa o sangue de Jesus Cristo), Gostam muito de coco com vinho e mel.


Na Umbanda existem caboclos de diversas falanges que podem ser de:Caçadores,guerreiros,feiticeiros,justiceiros; são essas entidades da Umbanda e de muita luz que geralmente são chefes de terreiros.


- Caboclos de Oxum

- Caboclos de Ogum

- Caboclos de Yemanjá

- Caboclos de Xangô

- Caboclos de Nanã

- Caboclos de Iansã

FONTE:
http://www.portalumbanda.com/caboclos-da-umbanda/
 Foto: Natália Rabelo

 Foto: Natália Rabelo




quinta-feira, 25 de setembro de 2014

O Passe


   O PASSE

Desde os tempos mais antigos, a imposição das mãos é uma das fórmulas usadas pelas pessoas para auxiliar os enfermos ou afastar deles as más influências espirituais. 
Em muitos trechos da Bíblia, vemos Jesus e seus discípulos imporem as mãos sobre os necessitados, rogando a Deus que os curassem. Jesus fez largo uso dessa prática e disse que, se quiséssemos, poderíamos fazer o mesmo.
E desde aquele tempo o homem utiliza-se desse recurso para aliviar, consolar, melhorar e até curar doenças físicas e espirituais.
Antes do advento do Espiritismo, sabia-se pouco sobre a prática desse costume. Os fenômenos de curas eram envoltos em mistérios e tidos como acontecimentos sobrenaturais.
Ao menos publicamente, ninguém se aventurou a dar explicações para o estranho poder que tinham as mãos para curar e aliviar os males físicos e espirituais. Com a chegada da Doutrina Espírita, os Espíritos superiores explica-ram o porquê das coisas. Entre nós, a imposição de mãos sobre uma criatura com a intenção de aliviar sofrimentos, curá-la de algum mal, ou simplesmente fortalecê-la, ficou conhecida como "passe".

O passe é um dos métodos utilizados nos centros espíritas para o alívio ou cura dos sofrimentos das pessoas.

Quando ministrado com fé, o passe é capaz de produzir verdadeiros prodígios. Têm como objetivo o reequilí-brio do corpo físico e espiritual.

Ensinaram que as mãos serviam como um instrumento para a projeção de fluidos magnetizados, doados pelo operador, e fluidos espirituais, trazidos pelos Espíritos.

Segundo eles, os fluidos curativos eram absorvidos pela pessoa necessita-da por meio dos centros vitais (chacras), acumuladores e distribuidores de ener-gias, localizados no perispírito e pelo próprio corpo astral que age como uma esponja. 

Estavam assim explicadas, teorica-mente, as curas promovidas por Jesus e pelos curadores de todos os tempos.



“E Deus, pelas mãos de Paulo, fazia milagres extraordinários, a ponto de levarem aos enfermos lenços e aventais do seu uso pessoal, diante dos quais as enfermidades fugiam das suas vítimas, e os Espíritos malignos se retiravam"  – (Atos, cap.19 - 11 e 12).

 Foto: Natália Rabello


 Foto: Natália Rabello

 Foto: Natália Rabello

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

As Crianças

Quais as características de incorporação da linha Yori?

 A vibração das crianças caracteriza-se por sua pureza, por sua beleza de inocência simbólica, jamais pelas “patacoadas” gros-seiras e até mesmo malévolas que querem atribuir a essa Linha. Nesta linha, o chacra vibrado é o “laríngeo”, daí a voz do médium se afinar, tornar-se clara, de aparência infantil. Suas vibrações são suaves e gostam de consultar sentados no chão, manipulando coisas doces ou que contenham açúcar.Essa vibração é chamada “das crianças”, não de espíritos infantis, mas de “crianças puras que estão além do bem e do mal”.


 (Fonte: Umbanda, essa Desconhe-cida, de Roger Feraudy).

Y     Y      Y      Y      Y      Y      Y
 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves
 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves
 Foto: Natália Rabelo

 Foto: Natália Rabelo

 Foto: Natália Rabelo

 Foto: Natália Rabelo

 Foto: Natália Rabelo
 Foto: Caio Castro Alves





Y     Y      Y      Y      Y      Y      Y

Defumação

Deve ser feita para retirar primeiro a energia negativa do ambiente, preenchendo-o com energia positiva. As ervas e resinas utilizadas, juntamente com a brasa irão queimar, retirar do ambiente as energias negativas, tornando-o um ambiente estéril, pronto a receber a vibração das ervas utilizadas para atraírem energias positivas. Esta segunda defumação é realizada com um defumador definido como "doce". É de se ressaltar que o processo deve seguir essas duas fases, uma vez que apenas havendo a retirada da energia negativa, esterelizando o ambiente, este fica desprovido de qualquer energia, seja positiva ou negativa, gerando um ambiente propício à invasão de qualquer tipo de vibração, boa ou ruim. O processo deve ser completo, retirando o que atrapalhava, e em seguida como que "convidando" os espíritos superiores, com o defumador doce, a trazerem a benção das entidades que se apresentarem naquele ambiente.
Y     Y      Y      Y      Y      Y      Y
 Foto: Natália Rabello

 Foto: Caio Castro Alves
 Foto Natália Rabello
 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves

 Foto: Caio Castro Alves
 Foto: Natália Rabelo

 Foto: Natália Rabelo
 Foto: Caio Castro Alves

                           


Y     Y      Y      Y      Y      Y      Y

MENSAGEM

Y       Y        Y        Y        Y        Y        Y
Viva a Vida

As coisas boas da vida na maioria das vezes estão nas coisas simples que nos cercam.
Num sorriso sincero de uma criança, na atitude consciente de um adulto, num abraço fraterno de um amigo, num pensamento salutar de um familiar, no convívio ordeiro entre todos, e na vontade sentida de aprimoramento e evolução.
As leis da vida são muitas, e nem sempre assimiladas por nos trazer às vezes desalentos, dissabores, revoltas, angústias...
Mas, o importante na vida é compreender que ela, assim como uma máquina, transforma a matéria-prima bruta, e que o produto final tende sempre a  ser mais belo e bonito, mesmo que essas transformações às vezes machuquem.
Qual a razão e motivação da vida?
A vida é progresso. Em qualquer estágio que estejamos nela, o futuro sempre é o progresso de suas lições, mensagens e ensinamentos.
A assimilação da vida é de cada um, não existe ponto final para ela, e essa é a razão e a motivação dentro dela.
Vida é essência, vida é lei, vida é amor, vida é você, vida é Deus.
Aprenda a gostar de viver para saber crescer e progredir. Não esqueça no entanto, que aqueles que lhe cercam têm o mesmo direito.

Então como primórdio de vida, “conviva” com paz, alegria e boa vontade com todos e com você mesmo, tendo então, uma vida feliz.
Mensagem ditada pelo Caboclo 7 Flechas ao médium Wilson T. Rivas

 Foto: Natália Rabelo
. Foto: Caio Castro Alves